ApostaReal News

ApostaReal News

Curiosidades Mundial de Clubes 2023

Restriçoes das torcedoras do Fluminense

Proibição do consumo de cerveja, rigidez quanto a roupas e uso de símbolos religiosos estão entre os principais pontos

Restriçoes das torcedoras do Fluminense

O Fluminense embarcou no dia (12) para a Arábia Saudita para a disputa do Mundial de Clubes da FIFA após muita festa dos tricolores nos arredores do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. Com sinalizadores, bandeirões, foguetório e músicas das arquibancadas, os torcedores deram o último adeus antes da missão final da temporada.

Proibição do consumo de cerveja, rigidez quanto a roupas e uso de símbolos religiosos estão entre os principais pontos que incomodam torcedoras que vão acompanhar o Tricolor.

Num grupo de torcedoras do Fluminense que vai à Arábia Saudita, um comunicado de alerta é divulgado. Hospedadas à beira do Mar Vermelho, em Jedá, elas não poderão usar biquíni ou entrar no mar. E não poderão frequentar o hall do hotel que tem a piscina, exclusiva para homens. Sede do Mundial de Clubes, o país é um dos mais restritivos do mundo quanto aos direitos das mulheres.

Outra preocupação são as regras do país que não permitem o contato físico com cônjuge ou parceiro(a) de forma que possa ser interpretado como natureza sexual (abraços ou beijos na boca) em lugares públicos.

A Arábia Saudita é um país islâmico, onde o porte, o comércio e o consumo do álcool são totalmente proibidos. As penas para crimes são severacluir s e podem inprisão, deportação e, para os casos enquadrados como tráfico de drogas, a pena de morte. Mesmo se o Fluminense for campeão mundial, a comemoração terá que ser feita de outra forma.

Relações entre pessoas do mesmo sexo, ainda que consensuais, são criminalizadas na Arábia Saudita. Violações das leis sauditas que tratam de demonstrações de afeto entre pessoas do mesmo gênero, bem como manifestações de apoio à causa LGBTQIAPN+, inclusive em mídias sociais, estão sujeitas a punições severas. As penas podem incluir multas, prisão e mesmo condenações à morte.

O Fluminense decolou para a Arábia Saudita na terça-feira às 20h55 (horário de Brasília) em voo fretado e chegou por volta de 9:45 da quarta-feira (13). Em Jeddah, fará quatro treinos antes da estreia na competição, dia 18, contra o vencedor de Al-Ahly (Egito) x Al-Ittihad (Arábia Saudita). O Flu encerra a participação na competição no dia 22 para a disputa da final ou do terceiro lugar, contra Manchester City (Inglaterra), Urawa Reds (Japão) ou León (México).

Levi Moraes
About Author

Levi Moraes